Notícias
Notícias

Projeto EPISONO

Para descobrir as possíveis causas e consequências dos distúrbios de sono, o Instituto do Sono tem conduzido um projeto bastante ousado, intitulado EPISONO, o qual tem trazido centenas de indivíduos novamente para o laboratório de sono após 8 anos de intervalo. O projeto EPISONO tem sido desenvolvido em parceria a pesquisadores do Departamento de Psicobiologia na Universidade Federal de São Paulo. Neste estudo, a população inicialmente selecionada em 2007 passou por um check-up completo e realizou também o exame de polissonografia de noite inteira no Instituto do Sono. Ressalta-se que desde julho de 2015 todos os mesmos participantes foram convidados a fazer uma reavaliação do seu estado geral de saúde e de seu sono. Até o momento, 686 pessoas já passaram por este processo.
O projeto apresenta relevância não somente científica, mas social, pois apesar dos problemas de sono serem muito frequentes, eles têm ganhado pouca importância na sociedade. Assim, com este estudo almeja-se reverter o aumento de problemas simultâneos de saúde na população devido à piora da qualidade de sono da população, reduzindo o subdiagnóstico e possibilitando tratamento dos distúrbios de sono como, por exemplo, a apneia obstrutiva do sono e a insônia.
A pesquisa não tem fins lucrativos, portanto, a expectativa para os próximos 2 anos é divulgá-la em âmbito nacional e internacional por meio de congressos, palestras e artigos científicos.
 
Fases do Projeto
EPISONO – fase inicial: 2007
·         Número de pessoas: 1042 (população representativa da cidade de São Paulo em 2007, homens e mulheres)
·         Idade: 20-80 anos (adultos)
·         Objetivo do estudo: traçar o perfil de sono da população da cidade de São Paulo e estabelecer a prevalência dos principais distúrbios de sono
·         Distúrbios identificados: apneia obstrutiva do sono, insônia, síndrome das pernas inquietas, hipersonolência excessiva, distúrbio de movimento de membros, síndrome da resistência das vias aéreas superiores etc.
 
EPISONO seguimento: 2015/2016
·         Número de pessoas: 688 pessoas recebidas; 10 agendadas; 43 falecidos; 81 desistentes = 822 amostra total (homens e mulheres)
·         Idade: 27 a 88 anos
·         Objetivo do estudo: Identificar os parâmetros de sono e distúrbios de sono que são fatores de risco de doenças cardiovasculares, pulmonares, renais, metabólicas e de mortalidade
·         Distúrbios identificados: os mesmos de 2007 em adição à caracterização do perfil cardiovascular, pulmonar, metabólico etc.
 
 

04/03/2016

Nossos Núcleos

Marselhesa - Polissonografia Particular e Convênio

Rua Marselhesa, 500 - São Paulo - (11) 2108-7777

Napoleão - Ambulatório e Pesquisa

Rua Napoleão de Barros, 925 - São Paulo - (11) 2149-0188

Clínica do Sono - Consultas Particulares - 10° Andar

Rua Marselhesa, 500 - São Paulo - (11) 2108-7666

CEPE - Centro de Estudos em Psicobiologia e Exercício

Rua Marselhesa, 500 – 9º andar – São Paulo – (11) 5572-0177

Desenvolvido por Spinola comunicação Integrada